Médico brasileiro lista 10 alimentos que nenhum ser humano deveria comer

Pesquisadores do mundo todo têm defendido um modo de vida mais saudável e têm alertado a população quanto ao consumo de alguns produtos que são prejudiciais à saúde. No Brasil, temos o Dr. Victor Sorrentino, que lançou o guia “O que não colocar na lista do mercado”, nele podemos encontrar muitas orientações sobre o que devemos comer e o que devemos evitar. O médico utiliza suas contas no Facebook e no Instagram para dar orientações e dicas sobre saúde.

O Dr. Victor lista 10 alimentos que jamais deveríamos comer, mas que estão fazendo parte da mesa dos brasileiros. Veja a relação!

1.Nuggets: são deliciosos, fáceis de consumir e usados como petisco. Mas, como são produzidos? Eles são pedacinhos de frango, empanados com uma mistura de amido de milho, goma, farinha e proteína vegetais, depois são pré fritos em óleo vegetal e aí são acrescentados produtos químicos, tais como: ácido ascórbico e tripolifostato de sódio, entre outros, para conservar e manter o sabor. São alimentos pobres em nutrientes, além de fazer mal para a saúde.

2.Macarrão instantâneo: é uma opção para quem quer obter uma refeição rápida, levando 3 minutinhos para ficar pronto, mas é muito maléfico para a saúde. Como é produzido? Ele pré frito em gordura vegetal, e dentro da embalagem vem o tempero, constituído de uma mistura de glutamato monossódico e inosinato dissódico. Os efeitos no organismo são vários, desde entupimento de veias e artérias, além de ter um efeito inflamatório no organismo. 

3.Salsichas e peito de peru: são alimentos embutidos e tem uma grande quantidade de químicos, tais como: nitritos e nitrados, que são cancerígenos.

4.Margarina: alimento industrializado muito consumido nos lares brasileiros. Os componentes encontrados na margarina são potencialmente prejudiciais a saúde, prefira manteiga. 

5.Farinha Láctea: produto utilizado para alimentar bebês, é feito com uma mistura de farinha de trigo, conservantes e açúcar. É tudo, menos saudável. O ideal é que as mães alimentem as crianças com leite materno ou com produtos que promovam a saúde das crianças.

6.Biscoitos recheados: as crianças adoram comer, são produtos baratos e ao alcance de qualquer pessoa. Porém, um grande vilão para a saúde, pois possui uma mistura de farinha de trigo, gordura vegetal hidrogenada e muito açúcar, alimentos pobres em nutrientes.

7.Refrigerante e suco de caixinha: o refrigerante geralmente tem altas doses de açúcar, ao passo que o suco de caixinha, com raras exceções, também contem muito açúcar. Então, a opção para ter um alimento mais saudável é fazer uso de suco natural, produzido pela própria fruta.

8.Cereais açucarados: embora deliciosos, todo cuidado é pouco ao consumi-lo, pois eles são constituídos de milho transgênico, xarope de frutose, açúcar refinado, corantes e conservantes.

9.Requeijão: o requeijão é um produto industrializado, obviamente contém aditivos, conservantes, etc. Se você não consegue viver sem requeijão, o ideal é, na hora da compra, dar uma olhadinha no rótulo e ver a quantidade desses componentes. 

10.Barrinha de cereal: foram desenvolvidas com objetivo de ajudar as pessoas a ter uma dieta mais saudável. No entanto, depois de pesquisas, concluiu-se que elas eram ricas em sal e açúcar e tinham poucos nutrientes.

Atualmente, você vai encontrar barrinhas feitas de castanhas, frutas e proteínas. Essas são mais saudáveis, porém, mais caras.