Deficiência de Vitamina B: O Que Você Precisa Saber

Quando falamos de deficiência de vitamina B, estamos nos referindo a uma situação em que o corpo não consegue receber ou absorver as vitaminas do complexo B como deveria.

Esse grupo de vitaminas é fundamental para várias coisas importantes, como ter energia para o dia a dia, produzir glóbulos vermelhos, manter o cérebro funcionando bem e cuidar da pele.

Quando uma dessas vitaminas está em falta, nossa saúde sofre bastante, e isso resulta em problemas que vão desde cansaço e irritações na pele até complicações mais graves no sistema nervoso.

O que são vitaminas do complexo B?

As vitaminas do complexo B são um grupo de oito vitaminas solúveis em água, cada uma com funções específicas no corpo. Elas incluem:

  • Vitamina B1 (Tiamina)
  • Vitamina B2 (Riboflavina)
  • Vitamina B3 (Niacina)
  • Vitamina B5 (Ácido Pantotênico)
  • Vitamina B6 (Piridoxina)
  • Vitamina B7 (Biotina)
  • Vitamina B9 (Ácido Fólico ou Folato)
  • Vitamina B12 (Cobalamina)

Por serem solúveis em água, o corpo não armazena muito essas vitaminas, então precisamos consumi-las regularmente na alimentação para manter níveis saudáveis. A falta de qualquer uma delas provoca diversos sintomas e problemas de saúde.

Deficiência de Vitamina B: O Que Você Precisa Saber

Quais são os sintomas da deficiência de vitamina B?

Os sintomas da deficiência de vitamina B variam dependendo de qual vitamina específica está faltando. Conheça alguns sintomas comuns associados à deficiência de vitamina B:

Fadiga e fraqueza: a falta de vitamina B12 ou B9 causa anemia, levando a fadiga crônica e fraqueza.

Problemas de pele: deficiências de vitamina B2 ou B3 causam erupções cutâneas, rachaduras nos cantos da boca e outros problemas relacionados à pele.

Sintomas cognitivos e neurológicos: deficiências de B1, B6 ou B12 causam confusão, perda de memória, depressão e até danos neurológicos graves.

Problemas digestivos: a falta de vitamina B1 e B3 levam a problemas digestivos, incluindo náuseas e desconforto abdominal.

Neuropatia periférica: A falta de vitamina B12 causa formigamento, dormência ou perda de sensibilidade nas mãos e nos pés.

Estou em risco de deficiência de vitamina B?

Certos grupos são mais suscetíveis à deficiência de vitamina B devido a vários fatores, incluindo idade, escolhas alimentares e condições de saúde preexistentes. Observe alguns dos fatores de risco mais comuns:

Idosos: à medida que as pessoas envelhecem, produzem menos ácido estomacal, afetando a capacidade de absorver vitamina B12.

Mulheres grávidas: a necessidade de folato (B9) durante a gravidez é maior, o que também leva à falta se não houver suplementação adequada.

Indivíduos com distúrbios digestivos: condições como doença de Crohn, doença celíaca ou certas cirurgias gastrointestinais afetam a absorção das vitaminas do complexo B.

Veganos e vegetarianos: Essas dietas frequentemente carecem de fontes naturais de vitamina B12, exigindo suplementação ou alimentos fortificados.

Alcoolismo: o consumo excessivo de álcool também contribui para uma má absorção e esgotamento das vitaminas do complexo B.

Quais são os impactos da deficiência de vitamina B?

A deficiência de vitamina B não tratada tem consequências significativas, afetando tanto a saúde física quanto a mental. Alguns dos impactos potenciais incluem:

Anemia: a falta de vitamina B12 e B9 leva a anemia megaloblástica, resultando em fadiga, falta de ar e palidez.

Danos neurológicos: a deficiência grave de B12 causa danos irreversíveis nos nervos, resultando em problemas de mobilidade e declínio cognitivo.

Defeitos congênitos: uma deficiência de folato (B9) durante a gravidez aumenta o risco de defeitos do tubo neural no bebê.

Depressão e problemas de saúde mental: certas vitaminas do complexo B estão envolvidas na síntese de neurotransmissores, e as deficiências levam a transtornos de humor e declínio cognitivo.

O que acontece se eu consumir excesso de vitamina B?

Enquanto a deficiência de vitamina B apresenta riscos graves, o consumo excessivo de vitaminas do complexo B também tem efeitos colaterais. Embora as vitaminas solúveis em água geralmente não sejam armazenadas no corpo, e o excesso seja eliminado pela urina, doses altas causam efeitos adversos. Por exemplo:

Vitamina B3 (Niacina): doses altas causam vermelhidão, coceira e, em casos extremos, danos ao fígado.

Vitamina B6 (Piridoxina): O consumo excessivo leva a danos nos nervos, resultando em dormência e formigamento.

Vitamina B12: doses excessivas geralmente são consideradas seguras, mas quantidades muito altas interferem em certos testes laboratoriais ou interações medicamentosas.

Deficiência de Vitamina B: O Que Você Precisa Saber

Quais alimentos são ricos em Vitamina B?

Veja os melhores alimentos com vitamina B:

Vitamina B1 (Tiamina)

  • Grãos integrais, como arroz integral, pão de trigo integral e aveia
  • Leguminosas, como feijão preto, grão-de-bico e lentilha
  • Nozes e sementes, como sementes de girassol e linhaça
  • Carne, especialmente porco e carne bovina
  • Peixes, como salmão e cavala
  • Cereais fortificados

Vitamina B2 (Riboflavina)

  • Laticínios, como leite, queijo e iogurte
  • Vegetais de folhas verdes, como espinafre e couve
  • Grãos integrais (arroz integral e pão de trigo integral)
  • Nozes e sementes, como amêndoas e sementes de gergelim
  • Carne, especialmente carne bovina e frango
  • Cereais fortificados

Vitamina B3 (Niacina)

  • Carne, especialmente carne bovina, frango e peru
  • Peixes, como salmão e atum
  • Grãos integrais
  • Leguminosas, como amendoim e lentilha
  • Nozes e sementes, como sementes de girassol e sementes de abóbora
  • Cereais fortificados

Vitamina B5 (Ácido Pantotênico)

  • Carne, especialmente carne bovina e frango
  • Peixes, como salmão e atum
  • Grãos integrais
  • Leguminosas, como lentilha e grão-de-bico
  • Nozes e sementes, como sementes de girassol e sementes de abóbora
  • Abacates e batatas-doces

Vitamina B6 (Piridoxina)

  • Carne, especialmente carne bovina, frango e peru
  • Peixes, como salmão e atum
  • Grãos integrais
  • Leguminosas, como batatas
  • Fruta, como banana
  • Nozes e sementes, como sementes de girassol e sementes de abóbora
  • Cereais fortificados

Vitamina B7 (Biotina)

  • Nozes e sementes, como amêndoas e sementes de girassol
  • Leguminosas, como amendoim e lentilha
  • Grãos integrais
  • Carne, especialmente carne bovina e frango
  • Peixes, como salmão e atum
  • Gemas de ovo e laticínios

Vitamina B9 (Ácido Fólico ou Folato)

  • Vegetais de folhas verdes escuras, como espinafre e couve
  • Leguminosas, como lentilha e grão-de-bico
  • Grãos integrais
  • Nozes e sementes, como sementes de girassol e sementes de abóbora
  • Carne, especialmente carne bovina e frango
  • Cereais fortificados

Vitamina B12 (Cobalamina)

  • Alimentos de origem animal, como carne, aves, peixes, ovos, leite e laticínios
  • Cereais de café da manhã fortificados e leveduras nutricionais
  • Carnes de órgão, como fígado bovino 
  • Moluscos, como mexilhões e ostras

Conclusão

A falta de vitamina B é um problema sério e causa muitos sintomas e complicações. Para evitar isso, é importante ter uma alimentação balanceada, com bastante vitaminas do complexo B. Se você achar que está com falta de vitamina B, é fundamental procurar um médico para obter um diagnóstico e tratamento corretos.

Se precisar de suplementos, sempre consulte um profissional de saúde para saber como usá-los de forma segura e eficaz. Conhecer os riscos, sintomas e consequências da deficiência de vitamina B ajuda a tomar as medidas necessárias para proteger sua saúde.

Obs. : As informações apresentadas neste artigo não devem ser utilizadas para realizar autodiagnóstico ou automedicação. Recomenda-se sempre consultar um médico para obter orientação profissional sobre sua saúde.

Leia mais: