Mulher constrói bebedouro no muro de casa para matar sede de moradores de rua

A advogada Márcia Pini moradora do bairro São Cristovão, Porto Velho, Rondônia, construiu um bebedouro com água gelada do lado de fora do muro de sua residência, disponível para qualquer pessoa que tiver com sede.

A ideia inicial de Márcia era construir o bebedouro para atender os moradores de rua, já que muitos deles desenvolvem problemas renais por não beberem a quantidade ideal de água.

A profissional planejou a construção e comprou os equipamentos necessários: pia, torneira e o equipamento para manter a água sempre gelada.

Ao portal G1, ela disse: “Eu fiquei pensando em uma forma que eles (moradores de rua) não precisassem tocar a campainha. E não só para atender essa população, mas qualquer pessoa que passar. Afinal, a água é a fonte da vida. A sede é uma tortura”.

Muitos vizinhos no início não aprovaram a ideia, mas com o tempo reconheceram a boa motivação de Márcia.

“Às vezes as pessoas têm medo, ficam preocupadas, mas a população de rua não é violenta. Hoje, a gente vê pessoas passando, enchendo a garrafinha e eu fico feliz de poder contribuir”.

Os vizinhos compraram a ideia e com o tempo se colocaram à disposição para manter local sempre limpo. Inclusive, a vigilância sanitária visitou o local e aprovou a construção.

Leia também: A atriz Cleo Pires desabafou sobre os ataques que vem sofrendo na internet

Menino consola colega autista que chorou no primeiro dia de aula

A construção do bebedouro chamou atenção de muitos que passavam pelo local. Por exemplo, o autônomo Richardson Bemer ficou impressionado com o bebedouro instalado naquele local e que podia beber água de graça.

“Fiquei muito surpreso de ver pessoas assim se solidarizando com as outras. Muitas pessoas não têm dinheiro pra comprar uma água engarrafada e esse bebedouro ajuda”, disse ao G1.

Fonte: G1