Você conhece o radicchio? Veja 7 razões para inclui-lo em sua dieta!

Muitos não sabem que esse vegetal de cor branca e roxa possui características e propriedades antioxidantes para o nosso corpo, que todos devemos conhecer. Ele parece um repolho-roxo e, na verdade, é uma das variedades de chicória. Embora o radicchio seja usado em várias partes do mundo, ele é originário do norte da Itália.

Insira o versátil radicchio nas suas receitas, não vai se arrepender!

O radicchio é muito rico em vitamina K, selênio, fósforo, potássio, cobre, manganês, cálcio, vitaminas A, C, E e do grupo B, além de ter poucas calorias e não conter gordura e colesterol no seu interior. Por essas especificidades, esse versátil vegetal é excelente para prevenir doenças degenerativas do trato intestinal e câncer do cólon. Além disso, a forte presença de vitamina K significa que o radicchio pode ajudar a prevenir a osteoporose, regenerando as células ósseas.

A insulina também tem o seu papel em uma dieta rica em radicchio: pode proteger o fígado e o pâncreas.

Vegetal que geralmente favorece a digestão, o radicchio também estimula a produção de bile e também pode prevenir a degeneração macular e melhorar a visão; tudo isso graças à presença no radicchio de dois flavonoides importantes, como zeaxantina e luteína. Como o radicchio também é particularmente rico em fibras, também é capaz de ajudar no processo de desintoxicação do cólon e estimular o trânsito intestinal, evitando a constipação e o aparecimento de parasitas e micróbios nesta parte do corpo.

Lembramos que as informações relatadas neste artigo são de natureza genérica e são publicadas apenas para fins informativos. De qualquer forma, elas não podem substituir o conselho de um médico.