Aos 92 anos, sobrevivente do holocausto é vacinada contra Covid-19 em São Paulo

Crédito da foto: PAULO LOPES/BW PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Uma sobrevivente do holocausto, de 92 anos, recebeu, nessa segunda-feira (8), a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em São Paulo.

Pola Waiswol foi levada pelos familiares até um posto de vacinação montado em frente ao Estádio do Pacaembu.

De família judia, ao G1 ela revelou que nasceu em 1929. Pola mostrou o número de identificação que recebeu em um dos campos de concentração em que foi colocada.

Crédito da foto: PAULO LOPES/BW PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A polonesa chegou ao Brasil em 1947 fugindo da 2ª Guerra Mundial. Ela tem uma bem numerosa, são: dois filhos, sete netos, 40 bisnetos e três tataranetos.

Fonte: G1