Resgatam um tigre moribundo de um circo e 7 meses depois está irreconhecível

Todos nós sabemos que é comum o abuso de animais dentro dos circos, infelizmente, os donos desse tipo de negócio se preocupam apenas com o dinheiro que podem obter às custas dos animais.

Eles animais são vistos como mero divertimento e muitos são submetidos a uma vida cruel. Porém, têm surgido muitas pessoas que se dedicam a salvar esses animais e proibir o uso desses, em circos.

O caso de Aasha um pequeno tigre de Bengala, representa bem isso. Esse tigre de 9 meses sofreu abusos e foi resgatado desnutrido, com apenas 13 kg. O normal é, que, um tigre com esse peso tenha 3 meses.

O animal fazia parte de um circo itinerante. Mas, em sua defesa surgiu uma mulher com um bom coração.

Sua resgatadora era Vivky Keahey, que já possuía um histórico de resgate de animais. Além disso, ela fundou um Centro de resgate de animais no Texas, EUA. Não era uma novata, ela sabia o que estava fazendo.

Quando ela encontrou o tigre, ele tinha perdido muito pelo, sua pele estava completamente seca e com grandes rachaduras que ainda estavam sangrando. Em sua idade jovem, ele sofreu muito e teve feridas profundas.

Quando resgatado, imediatamente foi colocado em tratamento, foram 8 semanas difíceis, mas pouco a pouco os resultados foram vistos. A pele começou a sarar, os pelos começaram a crescer.

Ele ganhou peso e força, e passados sete meses após o resgate, o pequeno tigre parecia completamente diferente. Ficou, totalmente, recuperado, saudável, feliz, bem alimentado, parecido com os outros tigres.

Felizmente este pequeno tigre de Bengala teve um final feliz, graças à dedicação e vontade de sua resgatadora.

Atualmente, Aasha, vive em um santuário de tigres que foram resgatados em todo o mundo.