Por meio de um jornal, amigos reconhecem colega de escola vivendo nas nas ruas e criam iniciativa para ajudá-lo

Quando Leea Mechling viu uma fotografia do seu antigo colega da escola secundária Corpus Christi, no Texas (EUA), na primeira página de um jornal local, reconheceu-o de imediato.

Coy Featherston era um jovem extrovertido, de quem todos gostavam muito, e vê-lo na situação de morador de rua deixou Leea inconformado. “Não podia deixar aquilo continuar. Tive de reunir as tropas e agir”, conta.

Então, Leea procurou Coy durante 3 dias, tendo-o finalmente encontrado perto da Paróquia Católica de St. Austin e da Universidade do Texas, em Austin.

Feliz por reencontrar o seu amigo de longa data, Coy acabou dizendo a ele que vivia nas ruas há 20 anos.

Após essa reunião, Coy foi levado para a casa de um outro colega de escola, onde pode comer, beber, dormir, tomar banho e relaxar.

 

Atualmente, os seus ex-colegas estão fazendo o possível para ajudar Coy a fazer um tratamento de saúde mental e obter benefícios sociais.

Eles criaram uma campanha on-line no GoFundMe, com uma meta inicial de 2 mil dólares (R$10.000,00), mas incrivelmente conseguiram arrecadar 16 mil (R$80.000,00)!

“Tenho muito incentivo de muitas pessoas que conheço há anos e anos. Sei que são meus amigos verdadeiros porque me querem ajudar”, disse Coy, emocionado.