O pai abandona-as cinco dias depois do parto, mas alguns anos depois a vida delas sofre uma reviravolta

Esta é a história de Stephanie Mullowney e a sua filha Hanna Grace, uma menina encantadora e portadora de síndrome de Down.

Stephanie viajou pelo Maui, no Havai, e voltou grávida para o Tennessee, a sua terra natal. O dia em que Hanna Grace nasceu foi o mais feliz da vida de Stephanie, que considera a filha um presente de Deus.

“Minha linda filha, eu sei que você é um anjo. Quando Jesus fez você, ele te deu algo muito raro, é um presente para este mundo, mesmo que alguns não o percebam. Deus embalou tanto amor nesse cromossomo microscópico”, disse Stephanie.

Resultado de imagem para sitting

Infelizmente, a menina foi cedo diagnosticada com 3 buracos no coração e uma possível leucemia, o que deixou Stephanie muito assustada. Além disso, passados 5 dias do nascimento da bebê, o pai dessa abandonou ambas.

Apesar de tudo, puderam contar com o apoio da família, principalmente da tia Anita, que as acompanhou a todas as consultas de oncologia e cardiologia.

Como estava desempregada, Stephanie só conseguiu sustentar-se e à filha com a ajuda da tia e um programa do governo. Não foi nada fácil, e muitas vezes chorada escondida, para a filha não ver.

Mas Stephanie é uma verdadeira lutadora, assim como Hanna Grace, e acabaram se mudando para uma pequena fazenda, onde de início dormiam num colchão no chão.

Resultado de imagem para toddler

No novo trabalho, o chefe de Stephanie viu as centenas de fotos que Stephanie tinha da sua filha no celular, e sugeriu-lhe que comprasse uma câmera profissional porque achou que ela tinha muito talento.

Stephanie assim fez, e resolveu criar o Paperdolls Photography, um site onde passou a publicar as fotografias, a contar coisas sobre a sua vida e sensibilizar a sociedade sobre a condição da filha.

No mês de março de 2016, em menos de uma semana após publicar a primeira coleção de fotos (American Beauty), Stephanie recebeu chamadas e e-mails pessoas interessadas dos EUA, Austrália, Brasil e Canadá.

Com apenas 2 anos, Hanna Grace estreou na televisão, e Stephanie tornou-se uma fotógrafa bastante conhecia.

Ainda assim, para Stephanie o seu melhor trabalho continua sendo a filha, a luz da sua vida, que a faz sorrir todos os dias.