Na Itália, com as pessoas em isolamento social, os coelhos voltaram para os parques e jardins

Por toda a Itália, a maior parte das pessoas está em quarentena, o que teve um efeito surpreendente: ao que parece, os animais e a natureza em geral estão regressando aos locais anteriormente repletos de habitantes e turistas.

Golfinhos ressurgiram perto do porto de Cagliari, as águas de Veneza ficaram límpidas pela primeira vez em muitos anos por causa do colapso do tráfego marítimo, e na cidade Sabrina Baronio, em Milão, os coelhos voltaram aos parques e canteiros para pastar serenamente.

Os coelhos sempre estiveram presentes, mas viviam escondidos e só saíam ao entardecer ou bem cedo de manhã. Atualmente, estão aproveitando a ausência das pessoas e têm os espaços praticamente só para eles.

Por ser primavera, os coelhos estão mais ativos do que em qualquer outro lugar. É a estação de reprodução e em que a relva cresce com mais qualidade.

Fonte: Partilha