Mulher com raro tipo de câncer durante gravidez dá à luz um menino

Uma mulher americana, de 36 anos, Jade Davis, recebeu uma das notícias mais importantes de sua vida, seria mãe pela primeira vez.

Resultado de imagem para Cancro da mama

Depois da feliz notícia, seu mundo caiu, descobriu que tinha um câncer de mama.

Em março deste ano, Jade notou um caroço em um de seus seios. Ela visitou seu médico, que pediu para procurar um especialista e ele falou que seus sintomas poderiam ser causados pela gravidez.

Jade achou que algo estava errado e aí pediu para fazer uma biópsia. Para sua surpresa, o diagnóstico não poderia ser mais trágico: “Eu tinha uma das mais raras formas de câncer de mama”, disse.

“O que acontecerá ao meu filho”, confessou Jade, ao se perguntar várias vezes. Ela se submeteu a uma lumpectomia (remoção cirúrgica de uma pequena parte da mama) e recebeu ajuda do centro do câncer da Universidade de Loma linda, Califórnia.

“Foi quando algo surgiu dentro de mim. Eu queria ficar com meu bebê porque não permitia que um estranho me dissesse o destino do meu filho. O coração dele estava batendo. Eu podia senti-lo aqui dentro. Ele lutava, então eu tive que lutar também”, disse Jade.

“Passar pela quimioterapia é difícil para qualquer pessoa. Tínhamos que ser muito cautelosos para garantir a segurança da paciente e do bebê. Estou extremamente feliz de trabalhar com uma equipe incrível que se uniu para tornar isso possível”, afirmou a médica Dr. Gayathri Nagaraj.

Em Julho deste ano, Jade venceu uma etapa de sua batalha contra o câncer, deu à luz a Bradley, um menino forte e saudável.

“É surreal lembrar que minha gravidez teve um elemento de medo extraordinário. Me sinto abençoada quando olho para o meu filho e não posso pedir mais do que isso”, afirmou a mãe.

De acordo com o diagnóstico dos médicos, Jade fará sua última sessão de quimioterapia no mês de novembro e os especialistas esperam que ela fique totalmente livre da doença.