Mulher antecipou o parto para que o marido pudesse ver a sua filha antes de morrer

Diane Aulger é uma mulher americana que estava muito feliz por estar perto de dar à luz ao quinto filho com seu companheiro, Mark, o grande amor da sua vida.

Infelizmente, a família foi apanhada de surpresa quando o marido de Diane foi diagnosticado com uma doença terminal que o impossibilitaria de ver a filha crescer.

Resultado de imagem para baby 18 weeks born

Mark foi diagnosticado com câncer do cólon e depois fibrose pulmonar, uma doença crônica progressiva que dificulta o transporte de oxigênio dos órgãos para o sangue.

A condição de Mark era muito grave e os médicos lhe deram uma semana de vida. A notícia trágica deixou o casal arrasado, pois Mark deixaria a esposa e os cinco filhos, dos quais nem chegaria a conhecer o último.

Então, Diane resolveu falar com os médicos e marcar uma cesariana, um sacrifício que estava disposta a fazer para dar ao marido a oportunidade de conhecer a sua última filha.

Mark esteve sempre ao lado dela durante o nascimento do bebê, e foi a primeira pessoa a pegá-la. “Quando a enfermeira limpou o bebê e a colocou nos braços do meu marido, eu pude ver a dor nos olhos dele. No entanto, vi que falou com ela gentilmente, dizendo que era o seu pai e que a amava”, conta Diane.

Mark ainda conseguiu passar algum tempo com a filha, a quem deu o nome Savannah, mas no dia seguinte entrou em coma.

“Ele já estava em coma há 48 horas e eu vi o batimento cardíaco dele desacelerar no monitor. Eu sabia que ele morreria em breve, então coloquei o bebê entre os seus braços até que ele parou de respirar”, lembra Diane.

Agora sem o marido que amava tão apaixonadamente, Diane sente muitas saudades, mas sabe que tem de seguir em frente pelos seus 5 filhos.