Morre cão que atuou no resgate e busca das vítimas em Brumadinho e Mariana

Resultado de imagem para thor cão

No último sábado, morreu Thor cão que participou no resgate e busca dos sobreviventes das tragédias de Mariana e Brumadinho.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, de Minas Gerais, o cão era da raça border collie e tinha 5 anos de idade.

A morte foi em resultado de um quadro de leishmaniose e infecção generalizada.

A corporação fará uma cerimônia fechada e o animal será cremado.

Uma nota foi divulgada pela corporação:

“É com muito pesar que o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) informa o falecimento do cão Thor, que integrava a equipe de busca, resgate e salvamento com cães do CBMMG. Thor era um cão da raça border collie, com 5 anos e 2 meses de idade e teve seu atestado de óbito homologado com septicemia relacionada a um quadro de pancreatite, ele ainda possuía um quadro de leishmaniose. Thor estava recebendo tratamento médico veterinário desde o início do aparecimento dos sintomas, mas devido à rápida evolução do quadro, não resistiu e teve seu óbito atestado no sábado, 26/10.

Thor atuou em diversas ocorrências de destaque tais como o rompimento de barragem de Mariana, o desaparecimento do esportista francês no pico do Marins, o desabamento de edificações no bairro Mantiqueira e mais recentemente, sua atuação foi decisiva na localização de vítimas na tragédia de Brumadinho.”