Menino de 11 anos devolve carteira apesar dos problemas monetários da família

Hoje em dia, é comum que a maioria das crianças seja vista como insolente e mimada, mas é importante lembrar que ainda existem muitas gentis e educadas.

Um jovem de 11 anos, Vince Hietpas, é o exemplo perfeito disso. Após encontrar uma carteira na rua, o menino fez questão de devolvê-la ao dono, apesar das dificuldades financeiras da sua família.

Ele estava caminhando pelo parque, em Wisconsin (EUA), quando ele e o seu pai Lorenzo encontraram a carteira, e procuraram a identidade do proprietário nos cartões de crédito.

O dono da carteira, Chase Dahlke, só percebeu que tinha perdido a carteira quando voltou para casa, depois de pescar no parque, e tentou resignar-se à ideia de que provavelmente estaria perdida para sempre. Então, o jovem apareceu à sua porta!

Para recompensá-lo pela sua honestidade e esforço, Chase deu-lhe US $2 (R$ 10,00), o único dinheiro que tinha, e Vince aceitou com grande alegria.

Entretanto, Michelle, a madrasta de Chase, quis fazer mais pelo jovem, e publicou as imagens no Facebook, com a seguinte legenda:

“Quem conhece este menino? Queremos recompensá-lo! Muito gratos por ele e pelo seu pai. Há tanto ódio neste mundo e tanta negatividade. Temos de nos focar no positivo. Este jovem e o seu pai encontraram a carteira do Chase no parque Voyageur, e em vez de ficar com ela, verificaram a moradia e trouxeram-na intacta! Obrigado, gentil senhor, por criar um ótimo menino.”

Recém-recuperado do COVID-19, Lorenzo, praticamente fazia malabarismos com vários biscates apenas para manter a sua família.

Ele não podia trabalhar porque tinha dificuldades em respirar, efeito posterior da luta contra o vírus. Apesar das dificuldades, ele e Vince nem sequer pensaram duas vezes: tinham de devolver a carteira.

Determinada a ajudar Vince e a sua família, Michelle também criou uma campanha no GoFundMe. A adesão foi esmagadora e emocionante, e os Dahlke puderam receber recursos necessários para manter a família.

Felizmente, estas duas famílias têm inspirados outras pessoas a agir com bondade e compaixão.