Maxixe: 5 bons motivos para inclui-lo na refeição

Maxixe, é uma hortaliça originária da África e trazida para as terras brasileiras pelos escravos. Não muito familiar para a maioria das pessoas que vivem no Sul e Sudeste do Brasil, ele é bastante popular no Norte e Nordeste do país.

Com poucas calorias, esta hortaliça é fonte de minerais e pode ser usada no preparo de sucos, saladas e pratos como farofas e refogados.

Propriedades e benefícios: o maxixe contém uma série de nutrientes importantes para o bom funcionamento do organismo, como o betacaroteno, as vitaminas do complexo B e C, e minerais como o zinco, cálcio, ferro, fósforo, magnésio e sódio.

O zinco é um mineral importante para o funcionamento adequado de todos os tecidos do corpo e para o metabolismo do açúcar e de proteínas. Devido à presença de zinco, auxilia na prevenção e no combate aos distúrbios da próstata, reduz a concentração do “mau” colesterol (LDL), atua na cicatrização de diversos ferimentos e elimina manchas brancas nas unhas.

Além disso, esta hortaliça também pode ser útil no tratamento de casos de cálculo renal, hemorroidas, inflamação dos rins e vômitos.

Devido à grande concentração de sais minerais e vitaminas, também pode ajudar no funcionamento do metabolismo das proteínas e no fortalecimento do sistema imunológico.

Veja algumas receitas: para não perder os benefícios proporcionados pelo zinco, que é quase perdido durante o processo de cozimento, recomenda-se consumir o maxixe cru. Basta descascar, cortar em rodelas e colocar em uma salada de tomate, cenoura e alface. Esta hortaliça pode substituir o pepino, por ter um sabor bastante semelhante.

Suco: para preparar o suco, basta raspar um maxixe e cortá-lo ao meio. Depois, adicione um copo de água e bata tudo no liquidificador durante cinco minutos. Coe e beba.

A indicação é tomar esse suco duas vezes ao dia, sendo uma vez em jejum e a outra, 30 minutos após o jantar.

Você também pode preparar suco de maxixe com maçã e cenoura; com laranja  e com maçã e salsão .

Refogado:
12 maxixes;
1 cebola roxa pequena e bem picadinha;
Sal a gosto;
Pimenta malagueta a gosto;
2 dentes de alho picados;
Tempero verde a gosto;
Azeite para refogar.

Preparo:
Lave bem e raspe a casca delicadamente, retirando as saliências. Corte em pedacinhos e reserve.

Refogue a cebola e o alho até ficarem douradinhos, depois acrescente a pimenta e o maxixe, refogando bem em fogo médio, durante 15 minutos no máximo.

Acompanhe sempre a frigideira e coloque água quente para evitar que seque.

Depois, adicione sal e tempero verde a gosto.