Mãe que perdeu filha doa mais de 100 frascos de leite materno para outros bebês

Imagine fazer o ultrassom, aguardando ansiosamente revelar o sexo do seu bebê, apenas para descobrir que não sobreviveria.

Esta foi a realidade de Alexis Marrino quando foi fazer um exame de rotina. Após saber da triste notícia, ainda assim, resolveu continuar com a gravidez.

Foto: Facebook

A menina, Sweet McKinleigh, nasceu com anencefalia, um defeito de nascença que resulta em bebês nascerem sem partes de seu crânio e cérebro.

Ela e o marido aproveitaram aqueles preciosos momentos com a filha, embora no mesmo dia tenha falecido.

A história não termina por aí, Alexis resolveu doar seu leito materno.

“Eu sabia que não poderia salvar sua vida, mas eu poderia, pelo menos, ajudar a salvar vidas de outros bebês”, disse.

Foto: Facebook

Alexis conseguiu retirar 100 frascos de leite.

Embora o processo de superação da perda não tenha sido fácil, ela disse:

“Mas passei por tudo isso, continuei, e finalmente terminei! Eu queria deixar minha filha orgulhosa”.