Mãe doa o próprio leite para ajudar UTI Neonatal em meio à pandemia de Covid-19

Foto: Lineu Filho / Tribuna do Paraná

A recepcionista Nayara Pinheiro, de 29 anos, moradora de Curitiba (PR), é um exemplo de solidariedade. Ela tem ajudado as crianças da UTI Neonatal do Hospital Evangélico Mackenzie com a doação de 20 litros de leite materno, mensalmente.

Nayara é mãe de duas meninas: Dara, de 1 ano e cinco meses, e Lívia, de apenas 3 meses. Ela disponibiliza ao hospital 5 litros semanais.

Devido à pandemia da Covid-19, as mães que estavam internadas na Maternidade do Bairro Novo, que foi transformada em hospital para receber os doentes com coronavírus, precisaram ser transferidas para o Mackenzie.

Segundo a coordenadora técnica, da UTI Neonatal do Mackenzie, a médica Juliana Roseda: “As mães não estão entrando na UTI para amamentar por causa das restrições do coronavírus. Nossa necessidade aumentou tanto por conta das restrições de visitas quando por causa do fechamento na maternidade no Bairro Novo”.

Com retirada do excesso de leite, Nayara diz que sua saúde melhorou. “Meu seio ficava explodindo de leite, era muita dor. Quase tive mastite de tanto leite que produzia”.

“Acho injusto jogar esse leite fora. Eu fico pensando nessas mães que estão com os filhos no hospital, na dor que é. Vejo essas mães que não podem amamentar, que as às vezes não têm o leite porque nasceu o bebê prematuro. E nada é melhor que o leite natural. Quando você dá leite materno, o bebê fica mais tranquilo, menos irritado”, afirmou Nayara.

Fonte: Tribuna do Paraná