Leucemia: sinais desse assassino silencioso que você não pode ignorar

A Leucemia é um tipo de câncer que afeta os glóbulos brancos que compõem o sangue. Normalmente, esta doença leva a medula óssea a lançar uma grande quantidade de glóbulos brancos na corrente sanguínea. Esses glóbulos brancos que são inseridos no sistema de uma forma exagerada, encontram-se num estado deficiente.

Todas estas condições afetam a produção de hemácias, leucócitos e plaquetas, que são outros elementos do sangue. Estes componentes ao circularem defeituosos no sangue, podem acabar  alojando-se em vários órgãos e causar metástases, como por exemplo, no fígado, baço, rins, entre outros.

Os sintomas da Leucemia são muitos e podem variar de pessoa para pessoa até porque cada tipo de Leucemia apresenta sintomas diferentes.

A seguir, serão apresentados os sintomas da Leucemia aguda, que é o tipo de Leucemia que apresenta sintomas mais severos. Já a Leucemia crônica evolui muito lentamente, daí parte da comunidade científica chamar  esse tipo de Leucemia de assassino silencioso.

O diagnóstico deste tipo de Leucemia passa por um exame de rotina como um hemograma. Mais um motivo para fazer exames de sangue todos os anos.

Principais sintomas:

Nódulo (caroço) no pescoço, axilas e/ou atrás do osso do cotovelo.
Aumento do baço, portanto podendo sentir uma dor no lado esquerdo da região superior da barriga.
Anemia, que gera cansaço e fraqueza, palidez e sonolência.
Baixa concentração de plaquetas no sangue.
Infeções sem justificação, que podem indicar um sistema imunitário debilitado.
Suar mais que o normal durante o sono.
Manchas roxas na pele.
Dor nos ossos e articulações.
Sangramentos comuns e fáceis de ocorrer no nariz, gengivas.

Apesar de fazerem parte da lista de sintomas da leucemia, estes sinais nem sempre indicam a presença da doença, mas caso reúna alguns deles, o ideal será pedir aconselhamento médico especializado.