Nutricionista famoso diz que ficar irritado pode engordar!

O famoso nutricionista Juan Manuel Romero Villa revelou que a raiva é um dos fatores responsáveis pelo excesso de peso.

Ele explicou quais são os mecanismos do organismo que transformam a raiva em gordura. E aponta o motivo pelo qual muitas pessoas não conseguem emagrecer, apesar das dietas e exercícios físicos.

Uma das razões é que o corpo produz duas substâncias químicas quando estamos com mau humor, depressão ou raiva: a adrenalina e o cortisol.

A primeira é produzida para reagir a uma situação de emergência (mecanismo de ataque ou fuga); a segunda, o estresse.

Nesse processo, os sentimentos físicos são traduzidos em procedimentos fisiológicos, que são temporários. O grande problema é que em muitos casos a produção de hormônios não para e acaba gerando estados crônicos e inflamatórios.

Segundo o nutricionista, uma vez atingido o nível patológico, as células não conseguem liberar a energia produzida e aí, vira gordura. É como se o corpo promovesse um autoenvenenamento.

O corpo não explora suas reservas de energia, apenas vai acumulando gordura. Então o que é preciso para interromper esse ciclo vicioso?

Aconselhar alguém a mudar de atitude, não é algo tão fácil assim. Pode inclusive ter o efeito contrário do desejado, a pessoa pode sentir-se estranha, incompreendida ou frustrada.

Então a estratégia mais eficaz é aceitar o que dói, no sentido de não rejeitar ou resistir a uma energia que vem de dentro.

É importante também identificar a fonte do que desencadeia a raiva ou a tristeza. Uma outra ajuda é administrar as emoções com maior consciência, sem se tornar vítima delas.

Também é recomendável continuar levando uma vida saudável, prestando atenção ao que comemos e praticando alguma atividade física.