Irmãs doam rins a estranhos depois que seu pai morreu precisando de um transplante

Após seu pai falecer, com necessidade de um transplante renal, estas duas jovens decidiram doar seus rins para desconhecidos, para que as famílias não tivessem de passar pelo que elas passaram.

Hannah e Bethany Goralski, de 24 e 25 anos respetivamente, só queriam duas coisas: ajudar estranhos que precisavam de um dador de órgãos e deixar o seu pai orgulhoso.

PHOTO: In this undated photo, Bethany and Hannah Goralski are shown prior to their kidney donation surgery.

 

O pai delas, Mark Goralski, faleceu em setembro de 2018 após a luta contra a doença de Crohn e a insuficiência renal. Embora ele já tivesse sido submetido a um transplante em 2011, Bethany estava preparada para doar um rim ao pai, mas nesta altura, os médicos disseram que ele não estava saudável o suficiente para um transplante.

“Só queremos garantir que menos duas famílias passem pelo que passamos”, disse Bethany. “O meu pai estava sempre doando o que podia, sempre ajudando os outros, e eu pensei que era uma ótima maneira de homenageá-lo”, acrescentou Hannah.

As irmãs retiraram um rim cada uma em março, com apenas 24 horas de intervalo. Hannah ligou para o Hospital Memorial Northwestern para agendar uma cirurgia um mês após a morte do pai.

“Conhecendo muitas pessoas que foram afetadas pelo transplante de órgãos, me sentiria egoísta se mantivesse os meus dois rins”, disse Hannah.

PHOTO: Bethany and Hannah Goralski are pictured here with their father before he passed away.

As irmãs estão agora incentivando outros jovens como elas a pesquisar sobre doação de órgãos. “Eu diria para eles fazerem isto, não me arrependo nem um pouco”, disse Bethany, embora reconheça que há riscos envolvidos na realização do procedimento.

“Pensei: para que esperar, se alguém estiver morrendo agora e eu puder ajudar?”, explicou Hannah.