Estudo revela que realizar atividades domésticas como lavar louça, varrer e dobrar roupas prolonga a vida

Segundo um estudo realizado durante 3 anos pela Universidade de Buffalo, nos EUA, as tarefas domésticas ajudam a prolongar a vida das pessoas.

O estudo contou com a participação de 6.000 mulheres com idades entre os 63 e os 99 anos, e as que dedicaram 30 minutos por dia a atividades domésticas como varrer o chão, lavar as janelas ou dobrar a roupa, apresentaram um risco de morte 12% menor.

As mulheres que passaram meia hora por dia fazendo atividades físicas moderadas ou vigorosas, como caminhadas ou a andar de bicicleta, apresentaram um risco de mortalidade 39% menor.

Fazer algo é melhor do que não fazer nada, mesmo com níveis de atividades físicas menores que os recomendados. Até onde sabemos, este é o primeiro estudo que demonstra isso, disse Michael LaMonte, principal autor do estudo e professor de epidemiologia e saúde ambiental da Escola de Saúde Pública e Profissões de Saúde da UB.

O estudo recorreu a uma nova forma de colher dados, em vez dos típicos questionários, os investigadores mediram a atividade física das participantes com acelerômetros.

Os acelerômetros detectam, documentam e guardam eletronicamente os padrões de movimento diários e a intensidade num relógio de 24 horas, e foram utilizados entre 4 e 7 dias pelas mulheres participantes no estudo. Após esse tempo, os investigadores recolheram as informações e analisaram-as.

Nenhum outro estudo tão grande como o nosso, e especificamente sobre mulheres mais velhas, incluiu este passo para melhorar a interpretação dos dados num contexto relevante para os participantes, acrescentou Michael LaMonte.

Apesar de o estudo ter sido concentrado em mulheres mais velhas, transmite uma mensagem importante para as mais jovens: devem cuidar da saúde ainda durante a juventude, para facilitar a manutenção dos hábitos certos ao envelhecer.

Além disso, este estudo também pode alertar os homens para o fato de que, seja qual for o exercício físico, quando feito de forma correta, vai contribuir positivamente para a saúde. Podem igualmente começar pelas tarefas domésticas, que não são exclusivas das mulheres, claro.