Especialista em economia que não aprovava quarentena por causa da pandemia de coronavírus, morre nos EUA

O paquistanês Rehman Shukr, especialista em sistemas financeiros do FMI, de 26 anos, morreu na terça-feira (24), em Washington, EUA,  em resultado de complicações por Covid-19.

Antes de ser hospitalizado, o especialista em economia publicou um artigo no New York Times.

Na ocasião, Rehman questionou se quarentena era mais importante do que os problemas econômicos causados pela pandemia.

Artigo muito importante. Difícil decidir se o aspecto humano da doença é mais importante do que as suas implicações na economia e noutras áreas importantes. Muito fácil deixar a emoção guiar a política e já vimos várias vezes por que isso é uma má ideia”, disse Shukr.

Fonte: Revista Quem