Elas são a primeira dupla de mulheres negras pilotar um Boeing 737

Pela primeira vez, um Boeing 737 é controlado por duas comandantes negras. As profissionais são Chipo Matimba, pilota, e a Elizabeth Petros, co-pilota.

Segundo informe da Sociedade Internacional de pilotas de aeronaves, 97% do mercado de pilotos é controlado por homens.

'
Foto: Chipo Matimba e Elizabeth Petros

O voo decolou do aeroporto de Harare, no Zimbábue, continente africano. As pioneiras trabalham para a companhia, de aviação comercial, Air Zimbábue.

Em sua conta, de uma rede social, Elizabeth comemorou: “Primeiro 737 só com mulheres na cabine de controle. Foi um prazer, Chipo Matimba!”.

Tal feito foi comemorado por outras mulheres. A pilota australiana, Valerie Jeche, enviou uma mensagem para Chibo: “Oi, Chipo. Como está? Muito obrigado pelo conselho que me deu cerca de dois anos atrás. Comecei a estudar e a treinar em uma escola de aviação, aqui na Austrália. Meu primeiro voo solo é no ano que vem. Você é uma grande inspiração para mim. Vamos pintar o céu de rosa!”

Os colegas de profissão também elogiaram-nas pelo primeiro voo. “Parabéns, damas. Que linda aterrissagem.”