Ela pagou o café para a mulher atrás dela na fila, sem saber que isso lhe mudaria à vida

Mackenzie Mauller, de 19 anos, queria fazer sua boa ação do dia e decidiu pagar a xícara de café para a mulher atrás dela, na fila da Loja Starbucks; sem imaginar a boa impressão que esse detalhe causaria à mulher; que acabou sendo Nicole Clawson.

Em uma breve nota que Nicole deixou na caixa do correio de Mackenzie, ela explicou o quanto o café significou para ela depois que sua vida tomou um rumo inesperado para o qual ela não se sentia emocional ou financeiramente preparada:

“Eu raramente vou à Loja Starbucks, mas esses dois meses têm sido um pouco difícil para mim. Meu pai acabou de falecer e ele também cuidava do meu filho. Meus filhos e minha família passaram por momentos muito ruins.

Hoje de manhã a babá me ligou para dizer que estava doente, então tive que faltar ao trabalho. Decidi sair e comprar o café da manhã para meus filhos e pensei em tomar um; Sentindo-me culpada por pensar que iria me tornar dona de casa, não sei por quanto tempo.

Esta não era a vida que eu planejara para mim; e não me sinto financeiramente nem emocionalmente capaz de abandonar meu emprego.

Então eu não pude me conter e chorei quando percebi que você tinha pago meu café; Eu também fiquei muito comovida ao ver que você mora próximo da minha casa”.

Nicole escreveu a nota depois de perceber que a jovem era sua vizinha. Ela disse que aquele café “significava mais do que apenas um café”.

“Senti a necessidade de falar que o gesto que você teve comigo era mais do que um simples café; Foi algo que mudou completamente o meu dia, encheu meus olhos de lágrimas e colocou um sorriso no meu rosto. Eu me sinto profundamente grata. Obrigada!”

Nicole se aproximou para agradecer a garota pessoalmente, e disse que Mackenzie se ofereceu para cuidar de seu filho se ela precisasse.

Experiências como essas nos inspiram como seres humanos. Não há dúvida de que a bondade desinteressada ainda existe e tais atos nos devolvem a fé e a esperança na humanidade.