Chef fecha restaurantes e passa a servir comida a pessoas necessitadas durante a pandemia

Há já anos que o chef José Andrés e a sua instituição de caridade World Central Kitchen são admirados por alimentar as pessoas mais carentes.

'

Agora, em tempo de pandemia, o chef está transformando os próprios restaurantes de 5 estrelas em estabelecimentos que oferecem comida a famílias com dificuldades de subsistência.

O chef comunicou que esses restaurantes estarão fechados ao público em geral até novo aviso, e que 8 dos mais premiados de Washington DC e Nova York vão servir comida gourmet a famílias desempregadas e trabalhadores em dificuldades.

A cozinha solidária está a pedir apenas 7 dólares por refeição, mas “uem não puder pagar, também é bem-vindo”, segundo o chef José Andrés.

Os funcionários, que começaram há 4 dias a servir refeições para viagem, entre as 12:00 e as 17:00, têm direito a folgas remuneradas.

A instituição de caridade do chef serve ainda refeições a pessoas afetadas pelo novo coronavírus, entre elas passageiros e funcionários dos navios de cruzeiro em quarentena como o Grand Princess.

Fonte: Partilha