Carteiro herói vê criança sozinha na rua, arromba a porta à procura da mãe dele e encontra-a inconsciente

Stephen Garofalo é um carteiro residente em Wayne, Nova Jersey, que desempenha o seu trabalho há 32 anos, conhecendo seu roteiro perfeitamente.

Como seria de esperar, Stephen está familiarizado com toda a vizinhança, conhecendo a maior parte dos moradores, o que o ajudou a perceber quando algo estava errado.

Embora trabalhe no serviço postal há mais de 3 décadas, nunca tinha vivido nada dramático, até porque todos os bairros de Wayne são muito calmos.

A rota de Stephen inicia-se de manhã, quando a maior parte das pessoas ainda está dormindo, e recentemente, numa dessas manhãs, deixou de ser um carteiro normal e passou a ser visto como um herói.

Stephen viu um menino de 2 anos vagueando fora de casa sem supervisão – não havia sinal dos pais, irmãos, nem sequer uma cuidadora – e isso chamou a sua atenção. Já tinha visto muitas vezes aquele menino, mas a mãe estava sempre junto dele.

Então, o carteiro decidiu sair rapidamente do carro do correio e perguntar ao menino onde estava a sua mãe.

O menino estava visivelmente assustado e nervoso, e apontou para a sua casa. Após assegurar-se que a criança estava a salvo, Stephen correu para dentro da casa, onde encontrou a mãe do menino debruçada sobre o carrinho do bebê, totalmente inconsciente.

O carteiro tentou acordá-la, mas ela não reagia, por isso chamou uma ambulância e ficou com ela e o menino até esta chegar.

Já no hospital, Stephanie, a mãe do menino, recebeu todos os cuidados e acabou se recuperando por completo. Tinha tomado um medicamento e aí passou mal.

A situação podia ter acabado muito pior se Stephen não tivesse reparado na ausência de Stephanie, mas felizmente o sentido apurado do carteiro salvou o dia.