Cadelinha é operada por suspeita de câncer, mas veterinário retira 300 elásticos para cabelo

Uma cadelinha, da raça spaniel, foi diagnosticada com suspeita de câncer e, depois de feito a cirurgia, descobriram que não era um tumor, mas um “bolo” de 300 elásticos para cabelo.

Segundo o jornal “Daily Mirror”, a cadelinha, Lottie, vive com a professora Alison Parker, 48 anos, e suas duas filhas adolescente, desde 2015, em Accriton (Inglaterra).

“Nós três temos cabelos compridos. Sorte que o meu marido é careca. Do contrário, ela poderia ter engolido mais elásticos”, disse Alison.

A cirurgia foi muito delicada, mas o animal passa bem. Os tutores ficaram com uma divida de 15 mil reais.

Fonte : Extra