Avó carrega sua neta todos os dias nas costas depois de roubarem a sua cadeira de rodas

Aura Teresa Márquez, uma senhora de 72 anos, reside numa casa humilde no bairro de El Refugio, nos subúrbios de Bogotá, Colômbia.

Esta senhora faz tudo para sustentar os seus 3 netos, sacrificando-se em silêncio pelo bem-estar deles.

Isso inclui atravessar aproximadamente 25 estradas não pavimentadas com os netos de 8 e 10 anos, para que não percam o ônibus escolar, mas não só.

Resultado de imagem para house

Aura é uma avó tão corajosa que faz questão de cuidar da neta Laura Valentina, de 12 anos, que tem mobilidade reduzida, não fala nem anda.

Laura ficou acamada após os 8 meses, na sequência de uma febre alta que resultou em meningite. Desde então, ficou presa a uma cadeira de rodas.

Apesar da avó também ter problemas de saúde, especialmente nas pernas e pés que incham frequentemente, não deixa de levar a neta para todo o lado.

Enquanto as filhas Jenny Paula e Olga vão trabalhar como empregadas domésticas para conseguir algum rendimento, Aura fica encarregada dos três jovens.

Resultado de imagem para highway

Infelizmente, alguém roubou a cadeira de rodas antiga de Laura, junto com as poucas economias do seu irmão Alejandro e o primo Jonah.

Além disso, a única pessoa que os ajudou nessa altura foi Carlos, filho de Aura, mas agora ele encontra-se preso. Ao ver que a família estava passando por tantas dificuldades e que nem fraldas tinham para as crianças, Carlos roubou e foi apanhado pela polícia.

A mãe e a avó de Laura estão muito triste pois não têm como oferecer seja o que for às crianças nas festas do fim do ano. Felizmente, elas contentam-se com muito pouco, mesmo sem nunca terem tido roupas ou brinquedos novos (todos os seus foram conseguidos em segunda mão ou encontrados no lixo).

Apesar de tudo, a avó Aura acredita que ainda possa acontecer um milagre e que alguém consiga ajudar um pouco para aliviar todo o sofrimento.