Após 5 anos fazendo quimioterapia, homem descobre algo que choca até os médicos

James Salaz, um homem do, Colorado, EUA, fez tratamento com quimioterapia por cinco anos, tomou analgésicos fortes, mas não viu melhora em sua doença. Depois de consultar muitos médicos, descobriu que nunca teve câncer.

“Eu estava começando a sentir uma dor debaixo da minha axila, então eu fui ao hospital, e fiz exames e, em seguida, o médico me disse que eles encontraram dois problemas no meu pulmão esquerdo”, disse James Salaz sobre os erros do diagnóstico recebido. “Eu fiz uma outra biópsia no pulmão e eles disseram que eu tinha um câncer”, acrescentou.

O homem disse que ficou meses recebendo tratamento, tomou muitos analgésicos e fez várias biópsias. No entanto, não houve melhoras, então ele foi ao primeiro médico que o tinha atendido, o Dr. Choon-Kee Lee, do Hospital St. John’s Cancer Center, no Colorado. O que lhe foi dito deixou-o atordoado.

“O Dr. Choon-Kee Lee foi demitido do hospital, e a direção do hospital não contou a ninguém que o haviam demitido. Eu estava na sala de espera para fazer uma consulta com ele”, diz Salaz quando ficou sabendo da demissão.

“O novo médico me ligou e disse que eu nunca tive câncer, eu tinha uma coisa chamada vasculite, e ele disse que se a tivéssemos tratado cinco anos atrás, o quadro seria diferente”, disse Salaz.

Salaz disse, que seu novo médico, afirmou que a anormalidade no pulmão esquerdo, era na verdade, uma inflamação de uma veia e não câncer. E o tratamento com os medicamentos e a quimioterapia foram retirados.

“Eles me disseram que eu tinha essa doença, mas eu não tinha, e isso muito é triste e acho que alguém deveria ser responsável por isso”, disse Salaz.