Advogada luta contra pitbull para defender cadela

Foto: Reprodução

A advogada Marina Galvão, de 30 anos, salvou sua cadelinha do ataque de um pitbull.

O ataque ocorreu, na quarta-feira (30), na rua Arso 42, em Palmas (TO). Um vídeo mostra o momento que o pitbull ataca a cadela, da raça pug, derrubando-a ao chão.

“Estava passeando com minha cadela e ao entrar na rua perto da minha casa vi o cachorro grande vindo solto. Ele estava com coleira, mas não tinha ninguém com ele. Foi quando peguei meu cachorro no colo, mas ele conseguiu puxar, tirou dos meus braços e levou para o chão”, disse Marina ao G1.

A mulher teve que segurar o pitbull para não causar mais ferimentos à cadela, que já havia levado várias mordidas.

Ela contou com a ajuda de um morador, que levou a cadelinha para sua casa, mas o pitbull se soltou das mãos da advogada e entrou pelo portão da casa do homem.

O morador conseguiu espantar o cachorro, preservando à vida da cadela, e também das crianças que estavam dentro de casa.

Ao G1, ela contou: “Eu acho que não foi pior porque o cachorro não era muito agressivo ou não era adulto. Talvez no início ele quisesse brincar, mas o tamanho dele é desproporcional. Ele deve conviver com pessoas”.

A advogada teve ferimentos, no pescoço e joelho, ao cair. Quanto à cadela, levou pontos na barriga e na perna, mas passa bem.

Para ver o vídeo, clique no link: Advogada salva cadela de ataque de pitbull

* As informações são do G1.