Muitos cultivam esta planta em casa, mas poucos conhecem os reais benefícios

Os benefícios medicinais da arruda vão desde o alívio da dor de estômago até a depressão. A planta é nativa do sul da Europa. Tem um cheiro forte e desagradável e pode até ser tóxico.

Na homeopatia, ela é utilizada para diferentes patologias, entre elas:

Sistema circulatório
Diz-se que a arruda pode ser eficaz na proteção dos capilares e no fortalecimento das artérias do sistema circulatório. Desta forma, é possível tratar doenças ou problemas circulatórios, tais como varizes.

Sistema digestivo
A arruda pode ser o remédio ideal para evitar a indigestão, os gases, a azia e a dor de estômago. Entretanto, é recomendado consumi-lo em infusões muito diluídas após as refeições. Também pode ajudar a tratar diarreia e cólicas estomacais em crianças.

Sistema reprodutivo feminino
Esta erva ajuda a estimular o fluxo sanguíneo na área pélvica e no útero. Pode, portanto, promover a menstruação. Entretanto, deve ser usado com cautela, pois também pode causar abortos espontâneos ou abortos em mulheres grávidas.

Sistema nervoso
Graças a seus alcaloides, arruda funciona como um relaxante natural e reduz o estresse e a ansiedade. Ela também promove o descanso combatendo os distúrbios do sono, entre outras coisas.

Para perda de peso
Também é recomendado para tratar a retenção de líquidos, já que seus componentes estimulam a secreção de urina dos rins. Da mesma forma, seu efeito antioxidante estimula a liberação dos ácidos graxos depositados no tecido adiposo.

Atenção! A arruda deve ser prescrita com auxílio de especialistas.

Fonte: colegiomedicodemexico.org