Cãibra noturna: conheça algumas maneiras para aliviar as dores e acabar com esse problema

Cãibras musculares dolorosas na panturrilha ou no pé tendem a acordar uma pessoa com um susto no meio da noite. Essa forte contração ou aperto muscular ocorre repentinamente e pode durar de vários segundos a vários minutos.

O que causa cãibras musculares noturnas?

As cãibras musculares podem ser causadas por muitas condições ou atividades, inclusive:
Exercícios vigorosos, lesão ou uso excessivo dos músculos.
Baixos níveis de potássio, cálcio, magnésio e outros minerais.
Condições de saúde tais como doença arterial periférica, doença renal, doença da tireoide e esclerose múltipla.
Medicamentos tais como antipsicóticos, pílulas anticoncepcionais, diuréticos, estatinas e esteroides.
Exposição a temperaturas frias ou a água fria.
Estar de pé ou sentado sobre uma superfície dura por longos períodos de tempo.
Colocar suas pernas em posições incômodas enquanto dorme.
Gravidez, especialmente durante os últimos meses.

“Cãibras musculares noturnas são mais comuns entre pessoas acima de 40 anos”, disse a Dra. Rozan Razzouk. As pessoas nesta idade são mais propensas a ter uma condição subjacente ou a tomar medicamentos que podem causar cãibras musculares noturnas. Em muitos casos, eles também experimentaram um declínio na força muscular e na flexibilidade.

Como encontrar alívio
Quando uma cãibra muscular noturna atinge, o melhor método para o alívio é o movimento, diz a Dra. Razzouk. Ele recomenda andar e mover-se, contrair ou esticar o músculo. Outras opções de alívio incluem massagear a área e tomar um banho ou ducha quente, ou aplicar uma bolsa com água quente para relaxar o músculo. Algumas pessoas também acham que aplicar uma bolsa de gelo pode entorpecer ou reduzir a dor.

Quando procurar um médico
A Dra Razzouk aconselha consultar seu médico se você sofrer de cãibras musculares que ocorrem várias vezes por semana ou duram entre 5 e 10 minutos. “Cãibras musculares podem ser um sintoma de outro problema, como um problema de tireoide, uma condição vascular, uma deficiência nutricional ou uma reação a um medicamento”, disse a Dr. Razzouk. Se houver suspeita de que um medicamento que cause cãibras musculares, esse medicamento pode ser descontinuado ou alterado, ou a dosagem pode precisar ser ajustada.

Como as dores agudas nas pernas podem ser confundidas com a síndrome das pernas inquietas, seu médico também irá testá-lo para esta condição. A síndrome das pernas inquietas é um distúrbio neurológico caracterizado por contorcer, puxar ou outras sensações desagradáveis nas pernas e um desejo irreprimível de movê-las.

Se não houver nenhuma causa conhecida para suas cãibras musculares e elas continuarem a ocorrer ou interferirem em seu sono, seu médico poderá prescrever um medicamento para relaxar seus músculos.

Como evitar cãibras nas pernas
Especialistas como a Dra. Razzouk recomendam tomar as seguintes medidas para evitar cãibras musculares noturnas:

Coma uma dieta equilibrada e saudável, rica em cálcio, potássio e magnésio.
Mantenha uma rotina de exercícios que se concentra em alongar e fortalecer os músculos.
Beba muita água e outros líquidos, incluindo bebidas esportivas com eletrólitos. A Dra. Razzouk recomenda escolher uma bebida esportiva com baixo teor de açúcar ou diluindo-a com água.
Limite ou evite bebidas que contenham álcool.
Colabore com seu médico para determinar se tomar um multivitamínico é uma boa opção.
Verifique seus medicamentos com seu médico para identificar aqueles que podem estar causando câibras musculares.

“A implementação de hábitos de vida saudáveis ajudará você a manter sua melhor saúde”, disse a Dra. Razzouk. “Isto inclui fortalecer seu corpo, bem como alongar seus músculos diariamente, especialmente antes e depois do exercício e na hora de dormir. Se você estiver iniciando uma nova forma de exercícios, não deixe de começar gradualmente reduzindo as chances de cãibras musculares”.

Via baptisthealth.net