Ansiedade noturna: a dificuldade de repousar a mente das preocupações do dia a dia

Para muitos este é um problema diário, no final do dia o que muitos querem é chegar em casa e descansar, mas muitas vezes isso não acontece. Quando vamos para cama não conseguimos dormir devido à ansiedade, a mente está ativa e as preocupações do dia retornam.

A noite é considerada a fase do dia própria descansar e onde repomos as energias para continuar no dia seguinte, então é aconselhável dormir oito horas diárias, mas com a ansiedade noturna essas podem ser reduzidas pela metade.

Os sintomas da ansiedade noturna são gerados quando a mente trabalha pensando sobre o futuro, as preocupações, medos de mudanças, você se sente nervoso sobre as decisões a fazer e você pensa em outras pessoas e seus problemas.

Isso leva você a sentir-se estressado, cansado, nervoso, você se levanta constantemente devido a ansiedade, não consegue fechar os olhos, não é capaz de dormir, transpira e o corpo torna-se tenso e angustiado.

O problema é que quando as pessoas ficam ansiosas recorrem à comida, ou suplementos, ligam a TV, ficam mexendo no celular, aparentemente, todas essas ações têm um efeito contrário.

Como melhorar a ansiedade noturna?

Mesmo com uma rotina muito agitada você deve sempre procurar equilibrar o seu ritmo e seu bem-estar que vai do emocional ao físico, por isso que durante a noite você deve descansar mais.

Horário para dormir: dentro de suas atividades diárias, você deve ter uma hora de dormir específica, levando em conta as horas que você precisa para descansar bem, os adultos dormem entre 5 a 8 horas, fazê-lo diariamente melhora o sono.

Exercício: atividade física faz com que esgote suas energias, vai gerar um cansaço e você será capaz de adormecer.

Comida pesada: há aqueles que no período noturo comem o que não deveriam comer e isso causa desconforto, impactando no sono, com o tempo pode acontecer da pessoa desenvolver sobrepeso.

Espaço adequado: para dormir é necessário que tanto a cama e o ambiente sejam adequados, evite a luz da rua e eletrônicos, deixe de lado celulares, respire lenta e profundamente para que o corpo relaxe.

No caso, se os sintomas persistirem ou forem muito agudos, haverá necessidade de ajuda médica, mas a ansiedade noturna é desencadeada na maioria dos casos por maus hábitos.